Comitê alerta: vamos combater a dengue


O verão está aí e todos devem combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. É importante que o cidadão tenha consciência de que o controle da transmissão do vírus da dengue exige esforço de toda a sociedade. Lembre-se que medidas simples, praticadas diariamente, ajudam a proteger não só a sua família, mas toda a comunidade. Veja alguns cuidados importantes:

       * não deixe água acumulada sobre a laje;

       * jogue no lixo todo objeto que possa acumular água, como embalagens usadas, potes, latas, copos, garrafas vazias, etc;

       * guarde garrafas, para retorno ou reciclagem, em local em que não acumulem água;

       * coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada;

       * não jogue lixo em terrenos baldios;

       * mantenha bem limpos e tampados tonéis, barris e caixa d’água para impedir que virem criadouro do mosquito;

       * encha de areia até a borda os pratinhos dos vasos de planta ou lave-os com escova, água e sabão semanalmente;

       * se você tiver vasos de plantas aquáticas, troque a água e lave o vaso, principalmente por dentro, com escova, água e sabão, pelo menos, uma vez por semana.

       Fique alerta aos sintomas

Se sentir febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dor no corpo e nas juntas, tiver manchas vermelhas no corpo, procure imediatamente uma unidade de saúde. Você pode estar com dengue. Caso já tenha o diagnóstico de dengue e apresente um ou mais dos sintomas: dores abdominais, vômitos ou qualquer tipo de sangramento, retorne imediatamente à unidade de saúde. A dengue pode estar evoluindo para a forma grave. Não perca tempo, a forma grave da dengue pode matar!