Comitê de Solidariedade pela Vida distribui alimentos para a Ceia de Natal de duas mil famílias


Foi um verdadeiro sucesso a festa de confraternização de Natal promovida pelo Comitê de Solidariedade pela Vida para duas mil famílias de baixa renda, em Itapevi. Realizado, quinta-feira, dia 22/12, o evento marcou a distribuição de alimentos, garantindo uma ceia de Natal farta para mais de oito mil cidadãos itapevienses. Realizada na sede da entidade, a festividade foi coordenada pela presidente Dalvani Caramez, e contou com a participação do deputado estadual João Caramez, apoiador dos projetos sociais desenvolvidos pela associação.

A distribuição de alimentos foi realizada em dois períodos: manhã (famílias e crianças) e tarde (terceira idade). “Com o esforço e dedicação de cada um dos voluntários e colaboradores que nos ajudaram ao longo do ano, pudemos em mais um ano realizar esta ação solidária e garantir o almoço de Natal de muitas famílias. Nossa maior alegria é ver o sorriso no rosto de cada um desses cidadãos”, afirmou a presidente.

O deputado Caramez ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pela entidade, dando assistência a famílias carentes do município e contribuindo para a criação de condições e oportunidades que propiciem uma vida digna. O parlamentar também parabenizou os voluntários pela dedicação ao longo do ano para realizar a festa de Natal às famílias carentes. “Este foi um ano de muita luta para estes cidadãos que realizam um importante trabalho voluntário em nossa cidade. Parabéns a cada um de vocês que lutaram para a realização desta grande festa. Vocês são pessoas especiais, pessoas que estão felizes por proporcionar um dia feliz para o próximo.”

Como acontece em todos os anos, a confraternização natalina do Comitê de Solidariedade pela Vida teve momentos de emoção, carinho e muita alegria. “Participo das atividades do Comitê há três anos. Não há como dimensionar a ajuda que a entidade nos dá. Graças ao Comitê, em mais um ano, verei o sorriso no rosto das minhas duas filhas. Obrigada”, disse Carla Cristina Barbosa. “Nos dá muita alegria ver que existem pessoas que se preocupam conosco, pessoas que se esforçam para que tenhamos um bom Natal”, citou Sebastiana Maria Carneiro, 78 anos.

 Sobre a entidade

O Comitê de Solidariedade pela Vida foi criado em 1995 para dar assistência aos portadores do vírus HIV e familiares. No decorrer dos anos, solidificou suas ações e ampliou seu atendimento, passando a prestar auxílio a famílias carentes, cidadãos desempregados, pessoas portadoras de doenças raras e outros indivíduos que lutam para superar as dificuldades da vida.

Após uma década de atuação marcante, a entidade sagrou-se o alicerce de milhares de cidadãos, dando assistência por meio da doação de medicamentos, alimentos e agasalhos, capacitação profissional, orientação sócio-educativa e, até mesmo, no ombro amigo e no sorriso fraterno, ações resultantes do esforço contínuo de um serviço voluntário honesto e responsável que leva alento aos necessitados.